Monday, July 31, 2006

******COPA CABANA PRINCESINHA DO MAR******




Se nos anos 40 os cassinos Atlântico e Copacabana - que tinham contratos com os maiores músicos do Brasil - tornavam famosos os grupos musicais "Namorados da Lua" e "Anjos do Inferno", a música mais intimista, como o samba-canção e os arranjos musicais com influência americana, foram responsáveis pelo surgimento de um grande número de boates. Estas, acrescidas aos bares e restaurantes do bairro, resgataram para Copacabana o privilégio de ser a dona da vida noturna da cidade! Em outras palavras, a dona da cocada preta!!!

O Chez Penny, na rua Belfort Roxo, reunia para "jam sessions" músicos como o pianista Jacques Klein, o saxofonista Cipó e o sax do americano Booker Pitman.
A música popular brasileira tinha como principal ponto de encontro a boate do Hotel Plaza, na av. Princesa Isabel, onde Johnny Alf era o astro. O mesmo Plaza inaugurou o primeiro "hi-fi" da cidade e depois apresentou, em estréia, um jovem cantor que muito prometia: Roberto Carlos.

A boate Drink entusiasmava com o piano de Djalma Ferreira, no Arpège brilhava o teclado de Waldir Calmon, no Clube 36 as atrações eram: Dorival Caymi, Elizeth Cardoso, Jorge Veiga, Bienvenido Granda.
Nessas, e noutras boates foram lançados cantores que marcaram profundamente as suas presenças na música popular brasileira: Dolores Duran, Sylvinha Telles, Maysa, Ivon Cury, Leni Martins, Marisa Gata Mansa, entre outros.


COPACABANA GOSTOSA

Sou bela, esguia e faceira
Mirando sempre o além
Com "C" começa o meu nome
Com "A" termina também
Mais oito letras integram
Meu nomezinho sem par
Idolatrada por todos
E pelas ondas do mar

Copacabana gostosa
Até o último "A"
Se não me falha a memória
És princesinha do mar
Deixa dizer-te um segredo
Minha princesa querida
Quero eleger-te rainha
Meu coração! Minha vida!

Jaime Barbosa cantou em ritmo de marcha-rancho o recado mandado pelo compositor J. Baliú, no carnaval de 1960.

******REFERËNCIA BIBLIOGRAFICA******

http://www.copacabanadetoledo.blogger.com.br
Foto de Copa Cabana 1931 pertence ao blog http://www.copacabanadetoledo.blogger.com.br
Capas de Revista do Quarto Centenario do Rio de Janeiro.
Pertence ao Meu Acervo de Obras raras. (Roberto Secio)

1 comment:

ana de toledo said...

Olá!!
gostei da homenagem edo seu blog!!
um abração